Vereadores reforçam pedido ao DNIT.

Mais Imagens



Vereadores reforçam pedido ao DNIT para à Supressão das Arvores nas Margens da BR 470.

                               No incio da tarde desta terça feira (19), estiveram em audiência com o Superintendente Regional do DNIT, Dr. Ronaldo Carioni Barbosa, os vereadores Ailton Sardo, Sergio Reif, Samuel Rocha e Claudir Pires de Moras além do chefe de gabinete, Fábio Campos, que neste ato, também representa o movimento “Segunda Chance”. Conversaram com o superintendente sobre o andamento do processo licitatório para a supressão da vegetação das margens da BR 470, Carione informou “que o processo licitatório sofreu alguns problemas iniciais na formulação do Termo de Referência, por tratar-se de objeto nunca licitado e nem mesmo utilizado pelo DNIT, salientou ainda que, servirá de exemplo para a utilização nas próximas duas etapas da BR 470 e nas outras rodovias federais, porém após essa morosidade na elaboração do termos de referência, o objeto foi efetuado e o edital encontra-se na área jurídica para os últimos acertos e autorização de abertura do Pregão Eletrônico para a Supressão da vegetação das margens da BR 470” informou Ronaldo Carione.

                                 Os vereadores reforçaram muito a importância desta supressão das arvores nas margens, com este ato estaremos provendo uma “Segunda Chance”, às pessoas que vierem a sofrer qualquer acidente. Verificando ainda que durante o período das férias de final de ano, várias saídas de pistas foram constatadas, por sorte, nenhuma fatal, mas o risco continua iminente a acidentes fatais nesta rodovia.

                         Dr Ronaldo solicitou ainda, que o representante do movimento “Segunda Chance” continue a cobrar semanalmente informações, de como está o andamento de todo o processo para essa definitiva supressão das arvores da BR 470, reafirma ainda o compromisso de não medir esforços para garantir a máxima agilidade deste processo, garantiu a comitiva de Pouso Redondo.

                               Relembramos que no final do ano de 2018, foram duas vidas ceifadas com uma semana de diferença, por saídas da pista de rolagem e colidir diretamente nas árvores que compõem as margens da BR 470. A população clama por essa “Segunda Chance”.

 

Por Fábio Campos, Chefe de Gabinete .